Considerada a 2ª pessoa mais velha do Brasil, baiana de Coité completa 116 anos

O dia 13 de junho de 2021 marcou mais um aniversário da dona Antônia Santa Cruz, moradora do distrito de Salgadália, zona rural de Conceição do Coité. Foi a 116ª vez que a idosa celebrou o nascimento. A baiana é considerada pela Gerontology Research Group (GRG) – ou Grupo de Pesquisa em Gerontologia, a segunda pessoa mais velha do Brasil validada pelo Grupo de Pesquisa, perdendo apenas para a cearense Francisca Celsa dos Santos que tem 116 anos e 234 dias.

Dona Antônia está vivendo a segunda grande pandemia em sua vida, ela nasceu em 1905 e aos 12 anos, o mundo vivia a pandemia da Gripe Espanhola. De janeiro de 1918 a dezembro de 1920, infectou uma estimativa de 500 milhões de pessoas, cerca de um quarto da população mundial na época.

Estima-se que o número de mortos esteja entre 17 milhões e 50 milhões, e possivelmente até 100 milhões, tornando-se uma das epidemias mais mortais da história da humanidade. A gripe espanhola foi a primeira de duas pandemias causadas pela influenza vírus H1N1.

Fonte: A Voz do Campo

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo